terça-feira, 10 de outubro de 2017

CEPEA está passando por reformas; inauguração será em novembro




Quem conheceu o prédio onde funciona a Comunidade Evangélica Pentecostal Expressão de Amor (CEPEA), em Alagoa Grande, nem imagina como ele está ficando com as reformas que está recebendo.

Pela previsão do senhor Henrique, dono do prédio, a reinauguração do local como sede de igreja acontecerá no mês de novembro, possivelmente na festa de aniversário da União Feminina Expressão de Amor (UNIFEA).
REFORMA

Todo o prédio está passando por uma fase de melhoramentos. A começar pelo teto, que será em estrutura metálica. Todas as paredes que separavam a igreja das lojas de conveniência foram demolidas. Isto significa dizer que a CEPEA funcionará num espaço de 20 de comprimento por 8,50 metros de largura.

De acordo com o pastor Gomes Silva, responsável pelo projeto da reforma, embora não seja arquiteto com formação universitária, a CEPEA vai ter uma área de culto de 12 metros de comprimento por 8,50 metros de largura. Já o espaço do altar será de 5,50 de largura por 2,40 metros.

“Sabemos que vai demorar a concluir todos os trabalhos da reforma do prédio. Contudo, já vamos realizar esse momento tão significante para algumas crianças”, disse o reverendo cepeano.

Mas não é só isso. Pelo projeto, a igreja terá uma cozinha de 2,90 por 3,20 metros; dois sanitários, uma área para guardar mesas; uma sala de 4,50 metros de largura por 2,50; e uma sala para funcionamento do gabinete pastoral e de guarda de instrumentos cujo espaço será de 3,80 por 2,0, além de dois sanitários (masculino e feminino).

Da Redação




sexta-feira, 6 de outubro de 2017

VIDA BOA É A QUE DEUS NOS PRESENTEIA

TEXTO: 1 Tessalonicenses 5:23-24
Pr. Gomes Silva
INTRODUÇÃO:
Queridos ouvintes da palavra de Deus, o texto que acabamos de ler faz parte de um contexto em que o apóstolo Paulo alerta os irmãos da igreja em Tessalônica sobre a repentina vinda do Senhor Jesus Cristo (1 Ts 5:1-3) e sobre a necessidade da vigilância (1 Ts 5:4-11) e da observância dos diversos preceitos bíblicos (1 Ts 5:12-25).

No texto em destaque, Paulo fala sobre seu voto: O de viver sempre para o Senhor, conforme orientação das Escrituras.

Nesta noite vamos observar três pontos fundamentais na vida de que deseja um dia viver a eternidade com Cristo.

I. DEUS SANTIFICA O HOMEM EM TUDO – v. 23
A santificação na vida do homem acontece através da trindade: Pai, Filho e Espírito Santo, embora a palavra “trindade” não esteja na Bíblia. Porém, é uma realidade em diversos textos, como Mateus 28:19. A SANTIFICAÇÃO é uma obra do Espírito Santo na vida o homem; e acontece em três tempos:

1.    Santificação passada e instantânea (1 Co 6:11): “Tais fostes alguns de vós; mas vós vos lavastes, mas fostes santificados, mas fostes justificados em o nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus”. Isto acontece no momento que uma pessoa confessa seus pecados, se arrepende verdadeiramente de tê-los praticados e se converte a Jesus Cristo;

2.    Santificação presente e progressiva (2 Co 7:1): “(...)Purifiquemo-nos de toda impureza, tanto da carne quanto do espírito, aperfeiçoando a nossa santidade no temor de Deus”. Isto acontece enquanto estivermos nesse mundo. Por isso, deve ter uma vida moldada pela Palavra de Deus;

3.    Santificação futura e completa (1 João 3:2): “(...) Ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhante a Ele, porque haveremos de vê-lo como ele é”. (cf. Fl 3:19-21). Essa santificação refere-se à santificação final e ocorrerá na segunda vinda de Jesus, para levar os seus.

Precisamos viver seriamente essa santificação implantada no homem pelo Espírito Santo; sabendo que ela deve ser vivida hoje. Não é amanhã. É hoje!
Por isso o escritor do livro aos Hebreus 3:7-8 -: Assim, pois, como diz o Espírito Santo: Hoje, se ouvires a sua voz, não endereçais o vos coração (...)

II. O HOMEM PRECISA TER UMA VIDA DE VIGILÂNCIA – v. 23
Aqui está focando a composição do homem: espírito, corpo e alma.
  • a)    Espírito – É a verdadeira ligação do homem com Deus. Vida no altar de Deus!
  • b)   Alma – a alma é o seu “eu”, o pensamento, o sentimento e a vontade.
  • c)    Corpo – É a nossa parte física, que descansará na sepultura.


É por estava razão que o apóstolo Paulo chama a atenção dos tessalonicenses para terem uma vida de vigilância, quando diz:
Que o espírito, a alma e o corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo (v. 23).
E quando é que Jesus virá? Quando do arrebatamento da igreja, formada pelos remidos pelo sangue dele.

III. O DEUS QUE CHAMA O HOMEM É FIEL – v. 24
Esse chamado de Deus em todo o Novo Testamento diz respeito ao chamado efetivo do Senhor para a salvação (2 Ts 2:12): “Exortamos, consolamos e admoestemos, para viverdes por modo digno de Deus, que vos chama para o seu reino de glória”.

Existem duas maneiras de Deus chamar o homem para salvá-lo

1.    Chamado externo: Esse chamado é feito através da palavra de Deus, quando ela é pregada, testemunhando do grande amor de Jesus Cristo, que morreu na cruz para salvar o pecador confessionário e arrependido que se converte a Cristo, recebendo-o como seu Salvador;
2.    Chamado interno: Esse chamado é feito através do Espírito Santo, que conscientiza o homem do pecado, do juízo e da morte (João 16:8-11). Ele escuta a palavra, entende a mensagem e a partir daí ele segue uma sequencia de ação na vida dele.

  1. ·    Vem a confissão de pecados – Reconhecer que é pecador – Rm 3:3; 6:23
  2. ·    Vem o verdadeiro arrependimento de pecados – Atos 3:19a; (O verdadeiro arrependimento é o que produz convicção do pecado)
  3. ·      Vem à fé – a mesma coisa que crer no Senhor Jesus – Ef. 2:8-9
  4. ·     Vem o perdão de Deus – Atos 3:19b
  5. ·     Vem a lavagem do registro dos pecados pelo Espírito Santo – Tito 4:4-7
  6. ·       Reconciliação com Deus - Romanos 5:10; 2 Coríntios 5:18
  7. ·     Vem a justificação - Romanos 3:21-26; Romanos 5:18-19 resume esse conceito
  8. ·       Santificação -

Portanto, querido ouvintes da Palavra de Deus
Vimos nesta noite que a santificação é obra do Espírito Santo, que acontece em três tempos: durante e depois da conversão do homem a Cristo e no estágio final, quando estaremos para sempre como Senhor Jesus.

Vimos também que o homem é formado por espírito, alma e corpo e que devem ser mantido íntegro e irrepreensível para a vinda de Cristo, quando ele voltará para levar a igreja invisível, formado pelos redimidos pelo sangue Dele.

E por último, que, para o homem morar no céu com Cristo ele tem que ouvir atentamente dois chamados de Deus: Externo e interno, através dos quais os pecadores decidem se querem ou não viver a eternidade com o Senhor Jesus.


Meu desejo é que todos os homens que vivem no pecado escolham a companhia de Jesus Cristo na eternidade (Dt 30:19). 

QUANDO O HOMEM BUSCA DEUS NADA IMPEDIRÁ A SUA VITÓRIA

1 Samuel 7:1-14
Pr. Gomes Silva

INTRODUÇÃO
Samuel significa “nome de Deus”, ou “seu nome é El” (Deus). Ele viveu num período de transição quando as rédeas do governo passaram de juiz o rei. Geralmente ele é classificado como o último dos juízes, o qual foi sucedido por Saul, o primeiro rei em Israel. Em seu ministério, Samuel serviu como juiz, sacerdote e profeta. O livro de 1 Samuel fornece o material que é fonte básica para a vida de Samuel cujo pais eram: Elcana e Ana.

Os pais de Samuel eram israelitas tementes a Deus, que anualmente iam a Silo para adorar no Tabernáculo. Elcana e Ana retomavam anualmente para suprir Samuel com roupas, enquanto estava sendo educado em Silo sob a supervisão de Eli, o sacerdote.

Na época do relato bíblico deste capítulo 7, a situação ruim da religião de Israel é evidente na batalha crucial com os filisteus na área de Afeque, cerca de 56 km a noroeste de Jerusalém.

Nesta noite vamos ver o que aconteceu nessas batalhas e as razões pelas quais o sacerdote Samuel erigiu uma pedra, denominando-a de “Ebenezer”,  e disse: “Até aqui nos ajudou o Senhor”.

Na realidade, tudo isto aconteceu em função das batalhas que haviam acontecido entre os israelitas e os filisteus. Perdendo a batalha, os israelitas convenceram Hofhi e Finéias, filho do sacerdote Elia a levar a Arca da Aliança, que era considerada o objeto mais santo de Israel, para o campo de batalha. A religião entre os israelitas tinha declinado a uma perspectiva espiritual tão baixa que criam que a presença de Deus estava materialmente associada à Arca. Acreditando que Deus não se deixaria ser capturado, eles esperavam uma intervenção divina que lhes traria vitória. A nação de Israel, contudo, foi escandalosamente derrotada e a Arca foi capturada pelos filisteus.

Vinte anos depois a Arca foi devolvida e guardada na casa de Abinadabe em Quiriate-Jearim. Durante estes anos Samuel foi muito ativo em seu ministério de ensino por todo o Israel, desafiando o povo a voltar-se da idolatria.

I. CINCO ATITUDES DO POVO PARA MOVER O CORAÇÃO DE DEUS
1ª ATITUDE:  VOLTAR-SE PARA DEUS – v. 3
Durante o período de 20 anos os israelitas deixaram Deus e correu atrás de deuses estrangeiros. Depois desse período, Israel voltou para o Senhor.
Mas Israel voltou para Deus por que?
Por que Samuel foi enfático em sua exortação – v. 3
  • a)   Lançai fora todos os deuses estrangeiros e as astarotes
  • b)  Dedicai o coração ao Senhor
  • c)    Cultuais somente a Ele

Samuel deu foi claro:
Se vocês fizerem isto, Deus vos livrará da mão dos filisteus – v. 3

2 ª ATITUDE:  CULTUAR SOMENTE A DEUS – v. 4
Os baalins e os astarotes representavam os deuses dos cananeus e de grande parte do Oriente Próximo daquela época.
Baalins é a forma plural de baal, uma palavra que significa “senhor”, “possuidor” e “marido”. Originalmente um substantivo comum, a palavra passou a ser usada como um nome próprio para descrever as várias divindades locais que supostamente controlavam a fertilidade das terras e dos rebanhos. Também era usada para descrever o baal supremo ou senhor de um país. A adoração aos baalins era viciosa e depravada.

Astarote era uma deusa também conhecida como Astarte, adorada pelos fenícios e pelos cananeus. Era correspondente à Vênus dos gregos, e era a deusa do sexo e da fertilidade.

A partir do momento que foram alertados por Samuel, o povo passou a cultuar somente o Senhor.

Como evangélicos, não podemos pensar nem servir a dois senhores.
Uma hora está na igreja, louvando e até fazendo alguma coisa teoricamente para o Senhor.

Porém, quando sai do contexto cristão, mantém-se como se nunca tivesse saído do mundo do pecado e hostil ao Senhor Jesus Cristo.

Tire os deuses da sua vida e a suas história nunca mais será a mesma.

3ª ATITUDE:  MANTER UMA VIDA DE ORAÇÃO COM FÉ – v. 5
Mispá ficava a 13 quilômetros a nordeste de  Quiriate-Jearim
Samuel convocou os líderes de Israel para irem a Mispa, para um grande culto de confissão perante Deus, seguindo o retomo da Arca para Israel (perdão e a restauração do povo ao favor de Deus). Anteriormente, tinha havido uma grande vitória dos filisteus, na qual a Arca fora capturada, mas depois foi devolvida por causa da trágica praga da peste bubônica, que estava aniquilando a população, e a qual os filisteus atribuíram à vingança do Deus de Israel (l Sm 4.1—7.3). Em vista do retomo da Arca, Samuel convocou uma assembléia nacional — não para se vangloriarem do retomo da Arca, mas para confessar o pecado de Israel por tratar a Arca como um amuleto pagão em sua guerra contra os filisteus. No entanto, esta reunião religiosa foi instantaneamente interpretada pelos filisteus como uma mobilização militar israelita contra eles.
Depois da confissão de pecados e uma entrega à oração, Deus começou a mudar a história dos judeus.

Deus também vai mudar a sua história de vida, seus planos profissionais e familiares, quando passares a confessar seus pecados, se arrepender realmente de suas práticas abomináveis aos olhos do Senhor e passar a viver uma vida dedicada à oração.

Deus é contigo; Deus é conosco!
Nós vamos vencer, porque o Senhor está conosco. Aleluia!

4ª ATITUDE:  CONFISSÃO DE PECADOS – vs. 6
Olha que detalhe interessante. A Bíblia diz que aqueles homens tiraram água e a derramaram diante do Senhor.
Essa expressão “derramaram água diante do Senhor” era um sinal de arrependimento. Representava também a oração, a absolvição e a purificação
O povo jejum naquele dia e confessou, sim, seus pecados, dizendo: “Pecamos contra o Senhor”.

“Pecamos contra o Senhor” é o simbolismo de Samuel derramando água e o reconhecimento do povo revelar uma situação em que ocorreu realmente um verdadeiro arrependimento daquele povo.

A condição do coração excedia a importância ou justificativa do ritual.

Para sermos perdoados, não podemos esquecer que o princípio é arrependimento mediante a confissão do pecado (e não praticá-lo mais).

Se você está em pecado, confesse a Deus e à igreja, pois é a maneira correta para você se libertar desse mal. E Deus vai perdoar você.

Confesse seus pecados e deixe de pratica-los e Deus te renovará a comunhão contigo e te fará um vencedor.

5ª ATITUDE:  CONFIANÇA NO LIVRAMENTO DE DEUS – v. 8
Confiar significa acreditar, aguardar e esperar embora sejam palavras sinônimas.
Os israelitas voltaram a confiar no Senhor, dizendo:
“Não cesses de clamar ao Senhor, nosso Deus, por nós, para que nos livre das mãos dos filisteus
A oração anterior de Samuel (v. 5) tinha sido para o perdão e a restauração do povo ao favor de Deus, algo que deve preceder a esperança de qualquer forma de ajuda divina.

Essa mesma confiança dos israelitas no Senhor e no seu livramento é o mesmo sentimento que deve tomar conta da minha e da tua vida enquanto homens e mulheres de Deus na propagação do evangelho de Cristo aqui na terra.

É verdade que hoje muitos desafios surgem na nossa caminhada, como a falta de trabalho em muitos lugares; a desmotivação para as atividades na Obra de Deus; a maneira diferente de outras pessoas lidarem contigo; o filho ou o marido que não te compreende muito menos a esposa que não entende as lutas do dia-a-dia encaradas pelo marido.

Meus irmãos confiem no Senhor. Coloquem-se mais na presença Dele em louvor e adoração genuínas e verás o quanto o nosso Deus irá trabalhar na sua vida e conceder-lhes inúmeras conquistas ante os seus desafios.
Deus é contigo. Não desista, porque ainda vão acontecer grandes maravilhas na sua vida.

II. O AGIR DE DEUS ANTE A HUMILHAÇÃO DO SEU POVO
1 Pedro 5:6-7
Portanto, humilhai-vos sob a poderosa mão de Deus, para que ele a seu tempo vos exalte, lançando sobre ele toda vossa ansiedade, pois ele tem cuidado de vós”.
Foi assim que aconteceu quando o povo judeu voltou-se para Deus...
Cinco formas de agir do Senhor
1.   MISERICÓRDIA AO ATENDER A ORAÇÃO – v. 9
Misericórdia é um dos atributos morais de Deus (outros atributos morais conhecidos do Senhor são: santidade, justiça, fidelidade, amor e bondade).

Misericórdia! é uma exclamação usada quando nos deparamos com uma situação de desespero, de sofrimento. É também um grito de quem pede compaixão.
Conceder misericórdia a alguém é perdoá-la pelo simples ato de bondade, apesar do outro não merecer o perdão.
Misericórdia Divina é Deus perdoar os pecados, apesar das faltas cometidas pelos pecadores. É a libertação do julgamento.
Em cada igreja e em cada geração, precisamos de muitos Samueis, que interceda ao Senhor e a resposta venha conforme a vontade de Deus.

Meus irmãos, nada melhor do que termos uma vida dedicada também à oração.
Orar é falar com Deus, expressando suas dores, frustrações, medos, temores e dificuldades bem como seus anseios e seus objetivos.
Deus quer ouvir dos seus lábios um falar manso e humilde, com fé e esperança no Senhor Jesus Cristo.
Assim como ouviu a oração de Samuel vai ouvir a minha e a tua oração.

2.     PROVIDÊNCIA – v. 10-11
Preste atenção irmão na revelação desse versículo.
Os israelitas enquanto estavam adorando os baalins e astarotes, foram derrotados pelos filisteus, mesmo contando com a presença da Arca da Aliança, levada pelos filhos de Eli.
Mas, quando eles se arrependeram, voltaram para Deus confessando seus pecados e cultuando tão-somente ao Senhor, eles derrotaram os mesmos filisteus.
Quando o povo se humilhou, reconhecer Deus como seu verdadeiro Deus, o Senhor deu vitória esmagadora aos israelitas contra os filisteus – v. 11
De acordo com o estudioso Jimy Swaggart, o Senhor não pode dar a vitória a homem pecaminoso.

3.     ATÉ AQUI NOS AJUDOU O SENHOR – v. 12
Samuel compreendeu que toda aquela vitória de Israel contra os filisteus tinha a mão de Deus.
Por isso, ele disse: v. 12:
Entre Mispa e Sem - não se identificou Sem. O nome significa “dente”, e pode ter sido uma formação rochosa com a aparência de um dente. A Septuaginta apresenta Jesana no lugar de Sem, uma vila não distante de Mispa.
Ebenézer, significa “pedra de ajuda”, foi o nome usado para identificar o lugar antes mesmo de receber o seu nome formal (4.1; 5.1).

4.    RESTITUIÇÃO DO QUE O INIMIGO HAVIA TOMADO – v. 14
O que os filisteus tinham tomado dos israelitas: Cidades e Fronteiras, além da Arca da Aliança, que ficou vinte anos sob o domínio dos homens de Quiriate-Jearim.
Mas o Senhor devolveu ao povo o que era seu.
 A Bíblia diz que as cidades que os filisteus haviam conquistado foram devolvidas desde Ecrom até Gate, cujos territórios Israel também tomou dos filisteus.

Os irmãos, que se encontram aqui nesta noite bem como você que está nos ouvindo em sua casa... Vocês já pararam para ver quantas coisas o inimigo não tirou de seu poder?

Da mesma forma como os filisteus devolveram o que haviam tirado dos israelitas, Deus vai te devolver tudo que o inimigo tirou de você... creia, acredite no Senhor.

Volte-se para Deus, busque mais o Senhor, tire de dentro de sua casa física e da tua casa espiritual tudo aquilo que entristece o Senhor.

Peça sabedoria e discernimento ao Senhor para compreender, pelo agir do Espírito Santo, tudo o que estás fazendo e não está agradando ao Altíssimo.

CONCLUSÃO
Portanto, amados irmãos:
Tenham atitudes de buscar a Deus, Cultuar somente o Todo-poderoso, confessar seus pecados, confiar e esperar no Senhor.
Deus fará grandes transformações na sua vida.

Deus vos abençoe!

EU NASCI PARA VENCER

Texto: JUÍZES 11:1-11
Pr. Gomes Silva

INTRODUÇÃO:
A certeza de uma vida vitoriosa é algo que nunca pode sair do coração do homem. A cada manhã devemos acordar e declarar: “Eu nasci para vencer com Cristo Jesus” – “Deus me criou para vencer em Jesus Cristo”. Muitos creem em Deus, creem até em outras pessoas, mas não crê em si mesma. Não consegue se ver com os olhos de Deus.
Nós temos aqui uma lição de vida; uma história para a gente refletir no texto que lemos nesta noite sobre a vida de Jefté:

QUATRO INTERPRETAÇÕES BÍBLICAS PARA UMA VIDA DE VITÓRIA.

I.  - DEUS VÊ EM NÓS QUALIDADES QUE NINGUÉM VÊ V.1ª ...
Era, então, Jefté, o gileadita, homem valente e valoroso... – 1Samuel 16:7
Para as pessoas e até mesmo seus irmãos, Jefté era apenas um bastardo filho de uma prostituta. Mas Deus nos vê de uma forma diferente;
Para Deus Jefté era um homem valente e valoroso.
É assim que Deus te contempla, alguém valente e valoroso.
Você nasceu para vencer!!!

APLICAÇÃO
Por maiores que forem as dificuldades, acredite também em si mesmo?
Deus pode fazer de você um grande vencedor.

II. SE VOCÊ VEIO AO MUNDO DEUS TEM UM PROPÓSITO EM SUA VIDA. v.1b ...
O seu pai era Gileade; a sua mãe era uma prostituta... – 1 Coríntios 1:27-28
a) Não importa seu passado
b) Quem você foi, quem são seus pais.
c) Deus tem um propósito em sua vida.
Talvez nem o próprio Jefté cria que Deus pudesse usar sua vida. Mas Deus não olha nosso passado para decidir nosso futuro.

APLICAÇÃO.
O que tens a fazer é conhecer o proposito de Deus para a sua vida. Ele tem o melhor para você.
  • 1.    Propósito de ser glorificado por você;
  • 2.    Conceder paz e alegria ao seu coração;
  • 3.    Dar a você a vida eterna através de Jesus Cristo


III. TODO HOMEM DE DEUS TAMBÉM PASSA POR UM TEMPO DIFÍCIL. V.2-3
a) Embora sendo um homem valente e valoroso, Jefté  passou por um tempo muito difícil.
b) Ele foi humilhado pelos líderes da cidade e até pelos próprios irmãos.
c) Mas precisamos entender que em tempos difíceis temos que continuar confiando em Deus e em nós mesmos.
d) Se você estiver passando por este tempo difícil fique firme, pois a Palavra de Deus diz: ...o meu povo não será envergonhado para sempre....(Joel 2:27)...em lugar da sua vergonha terão dupla honra....(Isaías 61:7)

APLICAÇÃO
Deus permite passarmos por adversidades na vida por diversas razões
  • 1.    Firmar você nos caminhos dele;
  • 2.    Provar a sua fé;
  • 3.    Colocar você constantemente na presença dele.


IV.  A SUA HORA VAI CHEGAR, DEUS ESTÁ TE PREPARANDO PARA GRANDES CONQUISTAS: v.4-6, 32
a) Deus está te preparando para grandes conquistas.
b) Um exemplo é o próprio Jefté.
1. Depois dele ter passado por momentos difíceis, Deus o levantou como um grande Juíz em Israel.
2. Assim será com você; a sua hora está chegando e Deus vai te abençoar poderosamente!!!

APLICAÇÃO
O segredo para permanecer firme em meio às adversidades é confiar em Deus.
  • 1.    Acreditar
  • 2.    Crer no Senhor Jesus Cristo
  • 3.    Entregar a Deus. Entregar o que? O seu “EU”
  • 4.    Esperar no Senhor – Sl 27:14


CONCLUSÃO:
Meu querido ouvinte da palavra de Deus:
Você nasceu para vencer em Cristo Jesus;
Por isso, por mais dificuldades que você encontrar na sua caminhada, não desista do Senhor.
Não importa o seu passado, não importa o que as pessoas falam sobre você

Siga em frente, e acredite em si mesmo, porque Deus acredita em você e tem um lindo plano pra sua vida!!!


sábado, 11 de fevereiro de 2017

A SUFICIÊNCIA DA PALAVRA DE DEUS

Texto: 2 Timóteo 3:16-17

(Este sermão pode ser utilizado por qualquer pessoa, adaptando-o a sua realidade e conhecimento escriturístico)

INTRODUÇÃO
A palavra de Deus é suficiente para direcionar os servos de Deus, ovelhas do Senhor.

I. ORIGEM DAS ESCRITURAS:
a) Elas são inspiradas por Deus
b) Elas foram transmitidas por homens direcionados pelo Espírito Santo

II. A UTILIDADE DAS ESCRITURAS
a) É util para nensinar
b) É util para repreender
c) É util para corrigir
d) É util para educar na justiça

III. PROPÓSITOS DAS ESCRITURAS
a) Que o homem de Deus seja perfeito
b) Que o homem de Deus seja habilitado para toda boa obra

CONCLUSÃO
Portanto, queridos:
As Escrituras são verdadeiras e suficientes para levar o homem a Deus através de sua obervancia e prática das escrituras.

Elas têm origem no trono do Senhor, com a capacidade moldar os servos do Altíssimo, levando-os à perfeição e à habilidade para toda boa obra.

sábado, 14 de janeiro de 2017

DEUS CONTINUA SURPREENDENDO A MEDICINA

Mateus 4:23-24; Tiago 5:14-16

INTRODUÇÃO
As ciências da saúde (a medicina) possuem métodos farmacológicos e não farmacológicos para o tratamento de enfermidades das pessoas.

Dentre as intervenções não farmacológicas estão às espirituais, que, em muitos casos, a medicina não a compreende.

Jesus tinha, basicamente, três áreas de atuação em seu ministério: Ele ensinava nas sinagogas, pregava o evangelho do Reino e curava o povo de todo tipo de enfermidade.

Mas, essa mesma autoridade foi dada a homens na terra para curar, libertar de acordo com a palavra de Deus, conforme explica Tiago no texto que a gente leu.

Os textos que lemos falam desses recursos utilizados por Jesus e pelos apóstolos

VAMOS VER TRÊS MEIOS ESPIRITUAIS UTILIZADO NA CURA?

I. UNÇÃO UTILIZANDO O ÓLEO

a) O uso dos óleos de unção é uma tradição bíblica desde o tempo dos profetas. A unção é a consagração do ungido a Deus, tudo o que se deseja entregar a Ele, seja um novo convertido, um bem adquirido, tudo aquilo que o cristão acredita que é do Senhor ou provém do Seu poder. A unção com óleo pode ser feita em pessoas, templos, bens materiais, e em tudo aquilo que se deseja santificar, curar ou proteger.

A primeira vez que a unção com o óleo aparece na bíblia é de uma ordem de Deus a Moisés para a consagração do templo e de tudo o que havia nele e unção de Arão para o exercício do sacerdócio

b) Segundo a interpretação de versículos bíblicos, a unção com o azeite é também para trazer alegria e felicidade para aquele que crê na Palavra do Senhor e anda por Seus caminhos sem desanimar:

A ordenar acerca dos tristes de Sião que se lhes dê glória em vez de cinza, óleo de gozo em vez de tristeza, vestes de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantações do SENHOR, para que ele seja glorificado -  Isaías 61:3

c) [A unção com o azeite é administrada em doentes aliada ao poder da oração. A fé é o que salva, esse foi um dos ensinamentos de Jesus. O óleo consagrado com a oração dos que crêem promove a cura pelo poder de Deus:

Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor;]

E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados - Tiago 5:14-15

II. IMPOSIÇÃO DE MÃOS SOBRE OS ENFERMOS
a) Impor as mãos é demonstrar comunhão, concordância ou fazer-se participante de algo. Era assim que faziam os sacerdotes com os sacrifícios, quando os ofertantes se identificavam com as vítimas. (Lev 8:14)
b) A imposição de mãos podia significar a consagração de alguém para uma determinada função:

Núm 27:22-23 E fez Moisés como o SENHOR lhe ordenara; porque tomou a Josué, e apresentou-o perante Eleazar, o sacerdote, e perante toda a congregação; E sobre ele impôs as suas mãos, e lhe deu ordens, como o SENHOR falara por intermédio de Moisés.

c) Atos 28:8 E aconteceu estar de cama enfermo de febre e disenteria o pai de Públio, que Paulo foi ver, e, havendo orado, pós as mãos sobre ele, e o curou.

III. ORAÇÃO EM O NOME DE JESUS – Salmo 37:5

a) O nome de Jesus tem poder para fazer impossível
Se você é um homem de fé, uma mulher de fé, Deus pode realizar o impossível na sua vida.
Tem muita gente que apóia sua fé nos milagres, e quando volta a enfermidade volta a perder, a nossa fé não pode estar alicerçada em milagres, ela precisa estar alicerçada em Jesus.

b) O nome de Jesus está acima de todo poder terreno – Fp 2:9-10
Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome, que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, e dos na terra, e daqueles que estão sob a terra” 

[Há um poder inacreditável no nome de Jesus! Seu nome é maior do que qualquer outro nome, é mais poderoso do que qualquer outro nome, e é o único nome que acabará por comando de obediência de todos os povos e todos os principados.

Qual é o seu problema? Qual é o motivo da sua tristeza? O que tem tirado seu sono? O que tem te amedrontado? Saiba que o nome de Jesus está acima disso porque Ele deu Sua vida por nós. Não temos de ser derrotados por qualquer coisa que venha com fúria contra nós, temos o poder que está disponível para nós em nome de Jesus.]

CONCLUSÃO
Amados, falamos que as ciências médicas tem seus métodos farmacológicos para o tratamento das enfermidades das pessoas. Mas também o tratamento não farmacológico, como as intenções espirituais.

Falamos sobre três meios pelos quais há cura na vida das pessoas:
Unção com óleo, imposição de mãos e oração feita no nome de Jesus.
Que Deus abençoe a todos vocês.

Vamos orar!


NOTA
Os textos que estão dentro de [...] foram extraídos de pesquisas realizadas pelo autor

A SUFICIÊNCIA DA PALAVRA DE DEUS

Texto: 2 Timóteo 3:16-17

INTRODUÇÃO
A palavra de Deus é suficiente para direcionar os servos de Deus, ovelhas do Senhor.
Vejamos três pontos fundamentais sobre a Palavra de Deus:

I. ORIGEM DAS ESCRITURAS:
a) Elas são inspiradas por Deus
b) Elas foram transmitidas por homens direcionados pelo Espírito Santo

II. A UTILIDADE DAS ESCRITURAS
a) É util para nensinar
b) É util para repreender
c) É util para corrigir
d) É util para educar na justiça

III. PROPÓSITOS DAS ESCRITURAS
a) Que o homem de Deus seja perfeito
b) Que o homem de Deus seja habilitado para toda boa obra

CONCLUSÃO
Portanto, queridos:
As Escrituras são verdadeiras e suficientes para levar o homem a Deus através de sua observância e prática das escrituras.


Elas têm origem no trono do Senhor, com a capacidade de moldar os servos do Altíssimo, levando-os à perfeição e à habilidade para toda boa obra.